• Seis anos atrás Ian Lombardo arrebatou o meu coração.

    Durante os anos de casado ele foi testemunha de minha completa e avassaladora entrega, e assistiu meu corpo, minha mente e meu coração doarem-se absolutamente a ele. Eu o amei com desespero, mas principalmente, com coragem. Sem dramas, jogos ou mentiras; só devoção e confiança.

  • Até o dia em que ele me traiu.

    Nunca estamos prontos para flagrar uma traição. Nunca. Por mais depressivos e apáticos e desinteressados por sexo, flagrar é ter que aceitar uma realidade que não suportamos carregar. Agora, sozinha, preciso mover a vida adiante. Mas o que fazer quando, meses após a separação, meu ex marido reaparece propondo o inimaginável?

  • A ideia era nossa, mas chega pelas mãos de uma associação internacional.

    O desafio? Fazer sexo todos os dias, por 365 dias, e no final apresentar os resultados para o mundo. Eles prometem fama. Prometem, principalmente, algo que precisamos: dinheiro. O que deveria ser um arranjo, um mero negócio entre duas partes torna-se uma batalha pelo coração. De um lado, o amor; do outro, a mágoa. Duas instâncias duelando por espaço no peito, esticando a razão em direções opostas. Entre muitas noites de sexo, amor e alguns estragos, vencerá o sentimento mais potente, aquele que nós permitimos triunfar.

  • Somos capazes de perdoar o imperdoável? Passar por cima de tudo que acreditamos para sermos felizes de novo?

No images found!
Try some other hashtag or username